Florestas

Por incrível que parece, não é nada fácil definir o termo Floresta. Veja que no Brasil, diversas definição são utilizadas:

  • MA (Fonte: Escola Nacional de Florestas: necessidade de sua criação): Floresta é uma área de terra mais ou menos extensa, coberta de vegetais lenhosos de alto porte, vivendo em sociedade
  • SFB (Fonte: [http://www.florestal.gov.br/]): Floresta é qualquer vegetação que apresente predominância de indivíduos lenhosos, onde as copas das árvores se tocam formando um dossel.
  • FAO (Fonte: [http://www.fao.org/brasil/pt/]): Floresta é uma área medindo mais de 0,5 ha com árvores maiores que 5 m de altura e cobertura de copa superior a 10%, ou árvores capazes de alcançar estes parâmetros in situ. Isso não inclui terra que está predominantemente sob uso agrícola ou urbano.
  • IPCC (Fonte: [http://www.ipcc.ch/]): Floresta é uma área de no mínimo 0,05-1,0 ha com cobertura de copa (ou densidade equivalente) de mais de 10-30%, com árvores com o potencial de atingir a altura mínima de 2-5 metros na maturidade in situ. Uma floresta pode consistir tanto de formações florestais fechadas (densas), onde árvores de vários estratos e suprimidas cobrem uma alta proporção do solo, quanto de florestas abertas.

As florestas possuem alguns valores intrínsecos à sua existência, que apesar de poderem ser quantificados, são difíceis de ser valorados.

Degradacao-de-recursos-naturais-e-implicacoes-ambientais-resultantes-do-desenvolvimento_W640.jpg

Figura. Externalidades relacionadas à floresta. Fonte: https://www.researchgate.net/profile/Moacyr_Dias-Filho/

As florestas são consideradas chave para atendimentos aos objetivos de desenvolvimento sustentável. Sendo consideradas ativos ainda subvalorizados, especialmente em países em desenvolvimento.

Frances_Forest_Graphic_V2-01_PT.jpg

Figura. Relação das florestas com o desenvolvimento sustentável. Fonte: https://wribrasil.org.br/

Produtos florestais

A produção florestal é a atividade de transformação (processo) de matéria-prima em bens de consumo (produtos). Na produção florestal, a matéria-prima pode ser provenientes de florestas plantadas ou de florestas naturais. A transformação da matéria-prima florestal resulta em: Produtos madeireiros e não madeireiros.

zy7txg.png

Produtos Madeireiros

É todo o material lenhoso passível de aproveitamento para: serraria, estacas, lenha, poste, moirão, etc.

Produtos Não-Madeireiros

Os produtos florestais não-madeireiros equivalem a todo o material biológico de origem vegetal não-lenhoso, ou seja, sementes, borracha, resina, tanino, óleos essenciais, plantas fitoterapêuticas e ornamentais, bem como serviços sociais e ambientais, como reservas extrativistas, sequestro de carbono, conservação genética e outros benefícios oriundos da manutenção da floresta.
Esses recursos florestais não- madeireiros representam a principal fonte de renda e alimento de milhares de famílias que vivem da extração florestal em várias partes do mundo.

Principais Produtos Florestais não Madeireiros Exportados:

2844r4.png

Serviços ambientais

Arquitetura_dos_incentivos.png

Material complementar

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License